POLÊMICA Em nota, produção do Miss ST defende vencedora de Salgueiro e diz que regulamento permite ‘forasteiras’

Serra Talhada, reconhecida como a única tetracampeã da beleza feminina em concurso de beleza em Pernambuco, emprestou sua coroa para o município de Salgueiro.

O Farol recebeu denúncia esta semana de familiares das outras candidatas que também fizeram parte do concurso e confirmou que a garota campeã do Serra Be Emotion 2018, Rafaela Lopes, 21 anos, é mesmo da cidade vizinha.

Revoltadas com o fato, as famílias procuraram o Farol alegando que o fato descaracteriza toda a tradição da cidade e envergonha a fama de Serra como a “capital da beleza feminina”.

ROMILDO EM ENTREVISTA AO FAROL

ORGANIZAÇÃO CONFIRMA

Em busca da verdade dos fatos, o Farol entrou em contato com uma das organizadoras do evento, a RD Produções, do promoter e empreendedor Romildo Duarte. Em conversa com a nossa reportagem, ele foi sincero ao confirmar a denúncia.

“Ela (Rafaela Lopes) é de Salgueiro nata, nascida e criada em Salgueiro. Entendo que todo mundo está comentando na cidade”, corroborou Romildo Duarte, lamentando o fato.

Em conversa com o Farol, por telefone, Romildo desabafou dizendo que, aos poucos, percebeu que a RD Produções foi perdendo espaço na organização do próprio evento para outros parceiros, como a rádio Líder do Vale FM, o que acabou interferindo diretamente na condução do Miss Serra 2018.

“VENCEDORA FORASTEIRA”

Segundo os familiares ouvidos pelo Farol, é preciso que o concurso assuma o erro para a sociedade: “É preciso que eles digam publicamente: a nova representante da Capital da Beleza Feminina é uma forasteira”, reclamou uma mãe indignada.

Farol apurou que a participação da RD produções, de Romildo Duarte, foi prejudicada até na escolha do júri. Romildo Duarte, por ora, se recupera de uma cirurgia em um dos olhos em Recife.

EFEITO NEGATIVO

Farol entrou em contato com organizadores do Miss Pernambuco 2018 para comentar o caso. Ouvimos de uma fonte, que pediu para não se identificada, que por conta de falhas na condução do evento do Miss Serra 2018, a passagem do concurso estadual na cidade está sob ameaça.

“No Miss Pernambuco 2018, as candidatas iriam passar três dias em Serra Talhada. Aí o concurso já não vai mais passar por Serra Talhada por conta de alguns problemas que ocorreram na condução desse concurso”, disse um dos produtores.

O OUTRO LADO 

A Rádio Líder do Vale FM enviou nota à imprensa após o evento dizendo que a vencedora do Miss Serra 2018 tem “muito amor” pela cidade.

Na nota, o gerente da rádio, Victor Oliveira, exaltou o resultado: “Foi uma festa digna de Serra Talhada”.

Por outro lado… “Ela é não tem nada de Serra Talhada a menina”, admitiu Romildo Duarte, fechando a entrevista ao Farol de Notícias.

Miss Serra 2018, de Salgueiro… posa ao lado dos produtores do evento

Deixe uma resposta