Operação Papai Noel é deflagrada em Salgueiro pela Polícia Militar

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (06) a Operação Papai Noel, uma iniciativa do comando do 8° BPM em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) que visa gerar sensação de segurança para quem for fazer compras de Natal e Véspera de Ano-Novo no centro comercial de Salgueiro. O ponto onde os policiais militares vão ficar foi cedido pelo empresário Albino da Sorte do Sertão, sem ônus para as forças policiais. A operação se estenderá até o dia 31 deste mês com objetivo principal de combater furtos e roubos.

De acordo com o comandante do 8° BPM, Tenente Coronel José Roberto, será empregado um efetivo diário de 20 policiais para garantir a segurança dos estabelecimentos comercias e dos clientes, através do Policiamento Ostensivo Geral (POG) a pé e também o policiamento rádio-motorizado em viaturas. “A gente sabe que o mês de dezembro historicamente tem um aumento na movimentação de pessoas por conta do pagamento do décimo terceiro, aquecimento da economia e em razão disso há uma perspectiva de indivíduos tentarem se aproveitar para praticar delitos e é aí onde a PM entra de forma preventiva se antecipando”, comentou José Roberto.

Os comerciantes locais aprovaram a iniciativa. “A gente precisa de muita segurança na região. Nós vemos bandidos assaltando as lojas, carregando mercadorias, indo embora… Nem as câmeras de segurança estão inibindo os criminosos. Então com esse posto aqui, mesmo que seja provisório, vai trazer muita segurança. Nós empresários vamos trabalhar para que permaneça mais tempo aqui”, disse o empresário João da Ótica Boa Visão, em entrevista para nossa reportagem.

O atual presidente da CDL/Salgueiro, Gildemberg Dias, declarou que espera um crescimento de 30% nas vendas do comércio salgueirense neste fim de ano em relação ao mesmo período de 2016. Gildemberg, que também é secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, justifica esse possível aumento com a confiança do consumidor que melhorou devido à recuperação econômica que o país está vivenciando. Ele disse que as festividades de fim também vão contribuir para esse incremento.

Deixe uma resposta